RESTART!

Ter uma identidade fixa, hoje, neste mundo fluido é uma decisão de certo modo arriscada.

Deste túnel posso, no entanto, sair. Posso ultrapassar, sem liquidar. Posso novamente afirmar uma vez, sem o repetir, pois agora o que afirmo é a afirmação, não a sua contingência.

Afirmo o primeiro encontro na sua diferença, quero o seu regresso, não a sua repetição. Digo : recomecemos ! RESTART !

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: