E dura…dura…

7.15 Da matina e a DG AAC ainda estava reunida. Muitas horas que demonstram bem que a coisa está preta.

Demitir o Secretário-Geral só com o argumento de falta de confiança parece-nos um filme que ja vimos, com outros actores. A falta de confiança prova-se com dados concretos, nâo no abstrato. Nâo consta que o João Alexandre seja pessoa de jogos esquesitos. Esquesito é, por exemplo, na anterior Queima alguns membros do Conselho Geral apresentarem despesas muito superiores aos Comissários. Nomeadamente contas de chamadas vodafone superiores a mil euros. Esquesito é também 30 mil euros que dizem ser de despesas ainda da Queima anterior. Ora foi apresentado no ano passado o relatório de contas e essas despesas nâo constavam. Como aparecem agora? Mas  há mais coisas esquesitas que a seu tempo revelarão o porquê de tanta ânsia de poder.

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

12 thoughts on “E dura…dura…

  1. Jogos políticos? LOL. Já te esqueceste da negociata dos SEATs (não só do Ibiza)? Lembras-te quando, onde e quem? Onde estão os elementos dessa DG? LOL

    Dinheiro Pah, tem a ver com dinheiro!

    Abr.

  2. Até se saberem os motivos (que deveriam já ser públicos…) tudo serão especulações. Não acredito que alguém, nas suas perfeitas capacidades mentais, dispense quem tanto fez pela Academia e, para além disso, com experiência em organização de festas estudantis. Deveria ser uma mais valia para todo o processo complexo que é organizar um evento como a Queima das Fitas de COIMBRA e não motivo de falta de coesão.
    Eduardo Melo está sendo mal aconselhado ou só agora sentiu o poder e quer mostrar que o tem… Lamentavelmente nesta altura, que tanto se aproxima de Maio.

  3. O Eduardo vem de uma escola/dinastia onde a traição sempre foi lei e algo perfeitamente normal. Quem o conhece e conhece o seu percurso desde as traições ao Leal ( dele e do padrinho dele ), não fique surpreso com estas atitudes. E fiquem sabendo que não fica por aqui, preparem-se que mais gente será apunhalada pelas costas. Tuga devias ter aberto os olhos à muito tempo…

  4. Nada me surpreende mas que é preciso coragem é! Mas sou de concordar com o autor do blog e defender a conciliação de interesses!

  5. Caro Paulo Abrantes,

    Como antigo tesoureiro da Queima da Fitas venho corrigir o que disseste. De uns anos para os outros para alem do valor de fundo de maneio, retiramos também uma verba a que chamamos despesas diferidas, para que possíveis despesas referentes ao ano anterior que cheguem no inicio de mandato da nova comissão não hipotequem a liquidez do ano. Este é um procedimento normal numa organização como a Queima das Fitas pois, como todos sabemos, “começa do zero” todos os anos.

    A frase “despesas da queima anterior” refere-se assim à Queima 2010, ou seja, às despesas que surjam no mandato da QF11 referentes ao exercício da QF10.

    Sempre disponível para esclarecer qualquer duvida

    Sem mais de momento

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: