Ou o delírio dos factos?

Como escrevi sobre o caso, aqui e aqui, como não tenho medos e como não mergulho a cabeça na areia, esclareço aqui alguns dados que perante o meu “delírio” considero úteis.

Nesta explanação dos factos, neste artigo de opinião no Diário de Coimbra, importa referir o que Carlos Cidade ocultou.

Aqui vai; fez bem em interpolar o Presidente da CMC sobre o assunto, fez ainda melhor mostrar preocupação por uma entidade ligada à autarquia. Aquilo que não fez bem, e ocultou na sua prosa, foi levar os jornalistas para uma sala (depois da reunião ter acabado) e incutir-lhes a gravidade da situação – nomeadamente de um funcionário que tinha desviado € 600, que entretanto já tinha confessado. Tanto que foi 1ª página nos jornais da cidade. Não revelaram o nome, é um facto, usaram o mesmo critério quando há dias os mesmos jornais informavam que dois colegas de Câmara, do Carlos Cidade (e de partido?), dois executivos do Metro Mondego tinham utilizado dinheiros públicos em proveito próprio. Foi o tribunal de Contas que detectou.

Se o assunto estava resolvido internamente nos SMTUC, o funcionário tinha assumido e posto noutro local de trabalho, e pela quantia em questão, não deveria ter tido este tratamento – que originou tragédia.

Não sou demente ao pensar que Carlos Cidade com isto quisesse o suicídio do funcionário em questão. Mas não restam dúvidas que este episódio contribuiu para este desfecho infeliz.

Espero que os SMTUC informem correctamente todo o assunto, bem como espero que a família reaja a este episódio. Até porque há dados fornecidos à informação vinculada que não são correctos. A seu tempo se saberá.

Carlos Cidade, a minha “forte anomalia psíquica”, se também é a mim que se refere, é exactamente a mesma que há tempos escrevi isto e isto a seu respeito. Não confunda as coisas, sempre lhe reconheci qualidades de trabalho e sempre o apoiei publicamente. Tenho é a lucidez, que para si pode ser a loucura, de não concordar consigo nem de prestar vassalagem.

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: