A Queima sem o Bazilio não é uma Queima

Um dos grandes bons vivants conimbricences, um boémio de educação elevada, um gentleman, faleceu.

Era uma delicia aprender com este Senhor que a vida tem de ser levada ao limite. Caso contrário é uma meia vida ou, nos piores dos casos, uma vida de merda.

O mediano nunca lhe interessou. Abraçou as ideias mais ousadas porque sempre foi mais jovem que os próprios jovens. Bazilio Diniz transmitia segurança e tinha um humor único, o suficiente para empreender de uma forma “demolidora”. Os sonhos constroem-se com trabalho. Ele só dava o sonho por terminado depois de, uma forma rigorosa, observar todos os processos de evolução e execução. O homem tanto se preocupava com a espuma da cerveja como da corda que segurava a lona da Central de Cervejas, “pode vir mais vento e esta m**** soltar-se e é o c*****“. Pragmático até à medula, portanto.

Um sedutor elevado. Lembro-me perfeitamente, há mais de 20 anos atras, o  Bazilio “movimentava-se” melhor no backstage de uma Queima das Fitas do que o Niki Lauda nas boxes de Formula 1. Era um gentleman educadíssimo,  tratava as suas queridas por “Princesas”. Lindo de mais para ser verdade, mas era mesmo. Uma educação, quase monárquica, que tanto atraía o ser feminino.

O Bazilio Diniz não ficou a dever nada à curte que é VIVER a vida.

P.S. Tenho a certeza que  se não houver cerveja na outra vida o Bazilio trata disso 🙂

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

3 thoughts on “A Queima sem o Bazilio não é uma Queima

  1. Os amigos nunca morrem!!!E como diria um poeta quase “analfabeto”, perdoem o verso “PARTIR é morrer um pouco, a alma de certo jeito, expirar dentro de NÓS!” È assim com a delicadeza que este momento exige,, que eu também como boémio, desejo chegar à mente de cada um de nós, despertando, não o desejo boémio da morte anunciada mas, acordando em nós, o desejo de viver de forma não diferente mas, porventura vivê-la mais moderadamente! Nunca é tarde para isso (e, se me conhecem!!!!).Nunca é tarde para tal…Vamos brindar pelo Bazílio, e aproveitar cada instante da vida, para valorizá-la em cada minuto, enchendo-a de prazer, de beleza,de verdade e de leveza! Para ELE, um FRRÀAAAA

  2. Se a Estudantina dedicou a sua actuação de hoje (e muito bem) ao Jorge Costa da Secção de Natação eu dedico o meu cortejo ao grande Basílio. 3 bengaladas por ele. Estará sempre entre nós.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: