Recepção aos vencedores. “Foi bonito, pah”!

Uma coisa é um jogo de futebol, outra é ver uma cidade inteira feliz.

Não restam duvidas, Coimbra há muito que precisava de uma grande festa que uni-se todas as facções e status. Os observadores atentos, tais como Paulo Marques (do jornal As Beiras), testemunharam mesmo que a cidade não vivia assim uma festa desde que Carlos Encarnação ganhou as 1ªas eleições. Não pelo Carlos ter ganho, mas por Manuel Machado ter perdido. (Eh, no que toca a ingratidão esta cidade é o máximo! Digo eu).

O futebol une, é certo. Mas não, não foram os jogadores, muito menos os treinadores, menos ainda a direcção que “uniram” os conimbricences. Foi o peso histórico de uma Taça. Foi a necessidade de afirmar precisamente o Brio que existe na cidade, desde o engraxador ao arrumar de carros, do Magnifico Reitor ao cirurgião de Coimbra. Há uma cidade Briosa, sim. A Taça foi o objecto dessa necessidade (justa) de afirmação.

P. S. 1- Ricardo Morgado, foi condicionado na sua acção Jamor. O espectacular trabalho da DG passou discreto à pala da censura encapotada. Não se calem, pah! Até os comentadores da RTP referiram que o maior espectáculo estava a vir das bancadas, eram os estudantes os protagonistas. É preciso dizer que, além da ausência do Cavaco, os estudantes de Coimbra foram condicionados e limitados na sua forma de luta. Portugal não viu o que a DG AAC tinha preparado, está mal. Uma das faixa dizia mesmo “Marinho paga-me as propinas“. Não é que foi o Marinho que marcou o golo? Até nisso a censura é estúpida, castra as coincidências.

P.S. 2 – Ao Presidente da AAC/OAF, José Eduardo Simões. Pessoa distanciada, mau feitio, persona non grata, mas os resultados não deixam dúvidas. Elevo-o ao estatuto de Pinto da Costa conimbricence. Julgo que esta taça fará com que o próprio tenha uma atitude mais humilde com a cidade, baixar as defesas porque já ninguém o quer “abater” (afinal ele “devolveu” a Taça), e que a cidade tenha um agradecimento com o trabalho realizado por José Eduardo Simões. Não questionem tanto a pessoa, partilhem o mérito e vão mais ao estádio gritar BRIOSAAAAAA!

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: