A cegueira socialista

inseguro.2.1“No distrito de Coimbra, têm sido promovidos múltiplos procedimentos  disciplinares, com contornos de duvidosa legalidade e inaceitável justificação  política, afastando militantes com um percurso e dedicação partidária inquestionável”.

É assim que consta numa carta enviada ao Secretário-Geral do PS, carta essa assinada por: António Rochette, Alexandre Leitão, Carla Violante, João Portugal, José Luís Pio de Abreu, Luís Melo Biscaia,  Luis Parreirão, Maria Teresa Coimbra, Mário Ruivo, Miguel Batista, Miguel  Grego, Miguel Ventura, Paulo Campos, Paulo Valério, Rosa Pita, Teresa Alegre  Portugal e Vítor Costa.

 Não há dúvida nenhuma que o PS, nomeadamente o de Coimbra, tem pessoas de valor. Muitos delas expulsos do PS/Coimbra. Não se entende este paradoxo da “família socialista coimbrã”.

 De domingo até hoje, nacionalmente, temos todos visto e sentido o retratar de um PS canceroso, débil e há beira de uma revolução interna. Rodam cabeças a toda a hora e muitos estão na mira: uns para abater, outros para repescar.

 Quando os portugueses mantinham uma pequena esperança de uma oposição forte e unida, com ideias exequíveis e metodologias para as afirmar, os mesmos portugueses estão a assistir a uma palhaçada socialista que só beneficia o partido do poder.

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: