Sé-Velha, o vómito urbano.

l1110785Depois dos exames, e com o inicio do 2º semestre, a vida nocturna voltou a bombar. Umas das zonas predilectas é a Sé-Velha. Muito se tem falado sobre o assunto mas  a conclusão que se tira, é: poucos, ou nenhuns, querem saber disso, mesmo os que cá moram (o que ganham com o silenciamento?).

A CMC maquilhou o problema. O assunto já foi a reunião de câmara mas sem resultados práticos. Tudo está na mesma, para pior. Até quando?

Mais uma vez deixamos aqui bem explicito: NÃO TEMOS NADA CONTRA OS BARES. ANTES PELO CONTRÁRIO, RECONHECEMOS QUE COIMBRA É UMA CIDADE DE ESTUDANTES – POR ISSO PRECISAM DE SE DIVERTIR, OS BARES DÃO ALGUMA VIDA À ZONA E PENSAMOS TAMBÉM NAS PESSOAS QUE LÁ TRABALHAM E PRECISAM DESSE SUSTENTO.

O QUE TEM DE HAVER É REGRAS. MAS A EDILIDADE NÃO PENSA ASSIM.

Com certeza que os proprietários dos bares, e os autarcas, também não gostariam que lhes vomitassem à porta, que lhes perturbassem o descanso (direito reconhecido pela Constituição Portuguesa) e que lhes mijassem no vão de escadas (sim, urinar é para quem o faz nos sítios específicos).

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.
%d bloggers like this: