A celeridade cultural da CMC

CMC

O prazo das candidaturas para as Associações Culturais verem apoiados os seus projectos terminou no passado 31 Março, o processo de apreciação da vereadora Carina Gomes é de 22 Abril. Muito célere a analisar os projectos de cerca de 50 associações. Deveriam ser assim também os outros pelouros e serviços da CMC.

Sempre os mesmos a ficar com tudo, pah!

Dos 500 mil €uros a distribuir metade ficam nas mãos de 3 associações: Orquestra Clássica do Centro (OCC), Jazz ao Centro e Encontros de Fotografia (EF). De salientar que a OCC e os EF estão sediados em equipamentos culturais cedidos pela CMC.

A justificação dada a cada candidatura tem coisas estranhas, tal como esta dos Encontros de Fotografia: “(…) Evidenciam-se dificuldades em gerar receitas próprias e angariar financiamento e outros apoios e desenvolver iniciativas dirigidas às populações com menor acesso às actividades artístico-culturais, tal como fragilidades na justificação da proposta orçamental.” Ainda assim, toma lá 80 mil (para pagar as obrigações legais e logísticas do espaço em regime comodato) e não digas que vais daqui. Não percebo.

Estas 3 instituições são filhos; das restantes, uns são enteados e outros órfãos.

Anúncios
This entry was posted by Paulo Abrantes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: